Banco Nacional de Angola colocou mais 330 milhões de kwanzas a circular

Angola fechou 2017 com mais dinheiro em circulação física do que no ano anterior, ultrapassando os 527.550 milhões de kwanzas (2.090 milhões de euros), devido à forte injeção feita pelo banco central no mês de dezembro.

02 Fevereiro de 2018 - 09:28


De acordo com dados preliminares do último relatório sobre a Base Monetária Ampla do Banco Nacional de Angola (BNA), compilados hoje pela Lusa, só em dezembro foram colocados em circulação (física) no país mais 83.381 milhões de kwanzas (330 milhões de euros), um aumento de quase 19% face ao mês anterior.

Depois de sucessivos cortes na moeda em circulação, ao longo do ano, que chegaram a mínimos de vários anos, 2017 até fecha com um crescimento de 4,2%, equivalente a mais 21.540 milhões de kwanzas (85 milhões de euros) em circulação, face a dezembro de 2016.

A retirada de moeda de circulação pelo BNA é uma estratégia que permite valorizar a moeda nacional, travar a pressão cambial provocada pela cotação de moeda estrangeira (dólar e euro) no mercado paralelo, que serve de indicação a vários setores.

No final de 2015, Angola tinha em circulação 519.588 milhões de kwanzas (2.057 milhões de euros).

Angola vive desde finais de 2014 uma profunda crise financeira e económica decorrente da quebra para metade nas receitas com a exportação de petróleo.

Fonte: Lusa